segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Preparação do transmissor de rádio FM

PREPARAÇÃO DO TRANSMISSOR DE RÁDIO FM

Aluno Erialberth - EJA Ensino Médio - Anexo 1
C.E. Padre João Batista Teixeira
Amarante do Maranhão-MA, 30 de novembro de 2015.

FEIRA DE CIÊNCIAS (II FECUCI 2015)

Primeiramente utilizou-se uma placa cobriada e mais cinco plaquinhas menores para usá-las como pontos positivos e a placa maior foi usada para o ponto negativo.
Na soldagem dos componentes foi soldado primeiramente um registor de10k na placa maior. Depois um registor de 70 W. Soldou-se também um registor de 27k e dois capacitores cerâmicos de 10nF. Após esses foram soldados também dois capacitores cerâmicos de 100nF. O próximo a ser soldado foi o capacitor cerâmico de 10pF e também do transistor BC 337. Criou-se um bobina com fio AWG nº 18 de 64mm, e fixou-a nas placas menores. E para se concluir essa primeira parte, foi feita a soldagem do capacitor variável trimmer.


Após tudo isso, foi soldado o fio bicolor com a parte vermelha em uma das placas menores, onde estão situados os capacitores de 10nF e parte do fio transparente na placa maior. Logo após foram fixados os fios da fonte de 9 v. Onde a parte vermelha foi fixada na placa menor, onde situa-se a bobina e registor de 27k e aparte azul na placa maior, próximo ao capacitor cerâmico de 10nF. E para finalizar utilizou-se um fio de aproximadamente 45 cm para funcionar como uma antena.
Quando se liga a fonte de 9 v do transmissor ele arma (prepara) a voltagem que vai para os registores, que faz com que a alimentação da energia diminua a voltagem para aproximadamente 5,3 v, juntando-se a energia transmitida pelo áudio do celular que passa do plug P2 pelos capacitores de 10nF e vai diretamente para o transistor BC 337 que distribui o áudio filtrado para o capacitor variável trimmer, que ao passar pelo fio que foi utilizado como antena, já transformado em ondas eletromagnéticas que ao chegar no receptor de rádio FM, na frequência exata de sua calibração, transforma-se em ondas sonoras, captadas pelos nossos ouvidos.

Um comentário: